sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Dia cinco - Konya e Pamukkale

Neste dia batemos o record dos quilómetros percorridos: foram só 600!!!

Parámos primeiro em Konya, para visitar o Museu de Mevlana, dos Dervishes dançantes, cuja ordem tem por base o Corão e um poema de 51.000 versos, que o fundador escreveu. Defendem acima de tudo a tolerância e são conhecidos pela sua dança, que consiste em rodopiar sobre si mesmos durante "eternidades" para atingir o êxtase e, assim, estar mais perto de Deus. Desta vez, não assisti a nenhum espectáculo, mas deixo-vos aqui um vídeo que fiz quando estive no Egipto para que possam ter uma ideia.


video

A beleza do Castelo de Algodão, em Pamukkale conseguiu fazer-nos esquecer a cansativa viagem, onde a paisagem atordoa até os mais insensíveis.

Mesmo em cima da hora do jantar, chegámos ao Hotel Pam, conhecido pelas suas águas termais, onde tomei às 11 da noite um fantástico banho de piscina, seguido de um de lama!

2 comentários:

Sam disse...

Estas são férias de fazer muita inveja!

The resetted disse...

Pois são! ;)